Como prevenir o Câncer de mama: autoexame, tratamento

O crescimento rápido e desordenado das células que conseguem se multiplicar são a causa do câncer em geral. Mas falando principalmente do câncer de mama, este é tumor o que mais assusta mulheres do mundo todo e também o que mais causa a morte das brasileiras.

No Brasil, a estimativa é de que 576 mil novos casos de câncer sejam descobertos por ano, e com relação ao câncer de mama serão 57.120 casos, ou seja, 10% dos tumores descobertos são de mama, uma taxa bem alta considerando todos os tipos existentes.

prevenir câncer de mama

Fatores de risco e prevenção do câncer de mama

Essa doença se dá quase sempre em mulheres com mais de 40 anos, mas também pode acontecer antes dessa faixa de idade. Por isso é bem importante que antes dos 40 anos seja feita uma mamografia a cada 3 anos e após, pelo menos 1 por ano. Além disso o autoexame deve ser feito com muita frequência já que a maioria dos nódulos podem ser detectados facilmente e muitas vezes são benignos.

O histórico familiar também é um aspecto bem importante! Quem tiver um parente de primeiro grau com a doença antes dos 50 anos (como os pais) poderá estar em um fator de risco. Além disso temos outros fatores a considerar, por exemplo, mulheres que tiveram o primeiro filho após os 30 anos, menstruação precoce (antes dos 11 anos), menopausa após os 55 anos e as que nunca tiveram filhos também estão no grupo de risco.

Em homens

Apesar do número de casos ser muito inferior ao de mulheres, os homens também podem desenvolver este tipo de tumor nas mamas, e tudo que está escrito acima, para prevenção, também vale para os homens. Fique atento.

Como fazer o autoexame das mamas?

Segundo o UOL, em 90% das mulheres o autoexame é a principal forma da descoberta precoce. Então é realmente muito importante que as mulheres saibam fazer isso.

Existe uma data ideal para isso, e é aproximadamente 7 dias após a menstruação. Mas se você já entrou na menopausa, o ideal é que faça isso pelo menos uma vez ao mês.

Como fazer o autoexame das mamas

Coloque-se a frente do espelho e apalpe a mama analisando o formato, algum caroço, inchaço, alterações na pele como covinhas ou franzidos, vermelhidão ou escamações e saída de secreções. Estes exercícios também podem ser realizados por homens.

Veja neste vídeo um exemplo de como você deve fazer o autoexame

Tratamento do câncer de mama

Se você descobriu um nódulo sozinha ou na mamografia, não se desespere, ainda existe grandes chances de ser um tumor benigno. Mas caso esse não seja o seu caso, mantenha a calma, pois as chances de cura chegam bem perto de 100%.

O tratamento é normalmente definido pelo seu médico com a ajuda de testes moleculares que mostrarão o estágio da doença e a especialidade, e assim o especialista conseguirá escolher a melhor terapia para o câncer, que varia muito de caso para caso. Alguns dos tipos de tratamento mais comuns são:

  • Mastectomia (cirurgia) de retirada total do seio e linfonodos.
  • Radioterapia: aplicação de radiação ionizante que destrói as células tumorais.
  • Quimioterapia: componentes químicos agem diminuindo a multiplicação das células malignas, e diminuindo o tumor.
  • Cirurgia conservadora com radioterapia intra-operatória: Retira o tumor com um raio de segurança e já aplica a radioterapia no local.
  • Hormonoterapia: é a aplicação de hormônios para evitar o crescimento do tumor.

Outubro rosa no combate ao câncer de mama

Esse movimento, começou nos EUA onde diversos grupos se reunião com ações isoladas nesse mês, e com a aprovação do congresso, outubro, foi aprovado como o mês nacional de prevenção do câncer de mama e posteriormente ganhou o mundo.

O Outubro Rosa é comemorado em todo o planeta e tem como objetivo chamar a atenção para a realidade do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce.

Diversas campanhas são realizadas ao combate da doença e a importância de fazer o autoexame: na televisão, no rádio, em outdoors, camisetas, campanhas nas ruas, instituições, e diversos outros lugares se juntam nesta luta também.

Símbolo do Outubro Rosa e sua origem

O símbolo que caracteriza o mês é um laço ou fita rosa que você verá em muitos lugares durante os 31 dias.

Sua origem ocorreu na cidade de Nova Iorque, em 1991, em uma corrida, justamente para conscientizar as pessoas da importância da prevenção do câncer de mama, a fundação G. Komen Breast Cancer Foundation, distribuiu os laços rosas aos competidores e aos espectadores da corrida e, desde então, este passou a simbolizar o Outubro Rosa.

Opera de arame, Cristo, Congresso e Torre Eiffel de Rosa

Ao redor do mundo, diversos monumentos históricos, como a Torre Eiffel, ganham iluminação rosa em outubro, no Brasil, o Cristo Redentor e o Congresso Nacional são os mais famosos, atualmente, o Cristo é uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno.

Imagens do símbolo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)

Loading...

No Responses

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

/* */